Racismo em estádios

Torcedor do Cerro Porteño imita macaco em jogo contra o Palmeiras

Este é o segundo caso de atos racistas nesta semana de abertura das oitavas de final da Copa Libertadores.

torcedor-do-cerro-porteno-imita-macaco-em-jogo-contra-o-palmeiras
Momento em que o torcedor faz o gesto racista (Créditos: Reprodução/ Twitter)

Um torcedor do Cerro Porteño foi flagrado imitando um macaco na direção de torcedores do Palmeiras, nesta quarta-feira (29), durante a partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Publicidade

O vídeo repercutiu nas redes sociais e causou indignação pelo ato racista. Torcedores do palmeiras pedem uma atitude da Conmebol, organizadora da competição. Este é o segundo caso de atos racistas nesta semana de abertura das oitavas de final da Libertadores.

Na terça-feira (28), três torcedores do Boca Juniors foram detidos em São Paulo, na Neo Química Arena, por injúria racial no jogo contra o Corinthians. Outro torcedor foi detido pelas autoridades presentes no local por fazer um gesto nazista. Dois deles pagaram fiança de R$ 20 mil nesta quarta-feira (29) e foram soltos.

Após a partida contra o Cerro Porteño nesta quarta-feira, a Sociedade Esportiva Palmeiras emitiu uma nota sobre o caso. “A Sociedade Esportiva Palmeiras vem novamente a público repudiar as manifestações racistas praticadas contra a nossa torcida em um jogo da Libertadores. Não podemos aceitar que cenas como essas se tornem rotineiras durante a disputa do mais importante torneio de clubes da América do Sul. Esperamos que as autoridades tomem as providências necessárias para coibir esse crime. É hora de darmos um basta à discriminação!”, diz a nota.

Publicidade