Conflito Rússia x Ucrânia

Alemanha já recebeu mais de 400 mil refugiados ucranianos

A maioria dos refugiados são mulheres, crianças e idosos.

alemanha-ja-recebeu-mais-de-400-mil-refugiados-ucranianos
Refugiados de regiões do sul e leste da Ucrânia, incluindo Mairupol, em 03 de maio de 2022 em Lviv, Ucrânia (Crédito: Leon Neal/Getty Images)

O Ministério do Interior da Alemanha informou nesta terça-feira (3) que o país já recebeu mais de 400 mil refugiados ucranianos desde o começo da guerra. O número foi publicado no Twitter pelo ministério, que ressaltou que a grande maioria dos refugiados são mulheres, crianças e idosos.

Publicidade

A ministra da Família alemã, Lisa Paus, disse que entre as 180 mil crianças que entraram no país, cerca de 3 mil eram órfãs. Entretanto, as autoridades acreditam que o número real de refugiados no país provavelmente é muito maior, já que os controles de fronteira entre a Alemanha e a Polônia, por exemplo, são esporádicos.

Publicidade

Os ucranianos têm o direito automático de viajar livremente dentro da União Europeia (UE) por 90 dias e precisam se registrar junto às autoridades apenas se desejarem solicitar assistência social. Como a guerra começou há 69 dias, o prazo de três meses para deslocamento dentro do bloco europeu ainda está vigente.

Os outros países que fazem fronteira com a Ucrânia também receberam centenas de milhares de refugiados: Eslováquia (cerca de 380 mil), Moldávia (cerca de 447 mil), Romênia (cerca de 825 mil), Hungria (cerca de 530 mil) e a própria Rússia e sua aliada Belarus.

Além disso, estima-se que mais de 7,7 milhões de pessoas tenham deixado suas casas na Ucrânia e estejam atualmente em deslocamento interno no país, ou seja, em outras cidades que não as suas de origem.

Publicidade