Putin se desculpa por fala de Lavrov sobre Hitler

As declarações de Sergei Lavrov foram muito mal recebidas pelo mundo.

Putin se desculpa por fala de Lavrov sobre Hitler
Em meio às crises diplomáticas, o conflito segue (Crédito: Sean Gallup/Getty Images)

O presidente russo Vladimir Putin pediu desculpas ao primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett, pela fala de Sergei Lavrov sobre Hitler. Nesta quinta-feira (5), durante um telefonema, os líderes da Rússia e de Israel conversaram a respeito do conflito que acontece em solo ucraniano.

Publicidade

A confirmação do pedido de desculpas não foi mencionada pelo comunicado oficial divulgado pelo gabinete de Putin, mas foi confirmada por Bennett.

A polêmica fala de Lavrov, ministro das Relações Exteriores da Rússia, aconteceu neste domingo (1) em entrevista a um jornal italiano, em que ao ser perguntado sobre a “desnazificação” da Ucrânia, afirmou que Hitler tinha “sangue judeu” assim como o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky.

A declaração caiu como uma ofensa, e o chanceler israelense Yair Lapid respondeu dizendo que a fala foi “imperdoável e ultrajante” e que demonstrava o “nível mais baixo” de racismo contra o povo judeu. Lapid ainda completou dizendo que a fala de Lavrov tratava-se de um “terrível erro histórico”.

Com a data do “Dia da Vitória” se aproximando, o presidente russo lembrou da importância da lembrança para o povo russo e para o povo judeu. O “Dia da Vitória” é comemorado em 9 de maio na Rússia, e representa a vitória sobre o nazismo de Hitler.

Publicidade