Calendário de Pagamentos do INSS: entenda o processo e medidas de emergência

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pagarão menos nas futuras operações de crédito consignado. Por 14 votos a um, o Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS) aprovou nesta quarta-feira (28) o novo limite de juros de 1,72% ao mês para essas operações.
Reajuste no 13º salário para aposentados! Confira quem será beneficiado com R$ 7.786,02 Créditos: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Os pagamentos dos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) são eventos de grande importância para milhões de aposentados e pensionistas em todo o Brasil. Dependendo do casal de NIS e do valor do benefício, as datas de recebimento podem variar significativamente, o que demanda uma atenção especial para se organizar financeiramente mês a mês.

Publicidade

Este processo de pagamento é cuidadosamente planejado para evitar sobrecargas e garantir que todos os beneficiários recebam os seus devidos valores em tempo hábil. A seguir, vamos explicar de forma detalhada como os pagamentos são organizados, além de discutir medidas emergenciais, como a ocorrida recentemente no Rio Grande do Sul.

Como é Organizado o Calendário de Pagamentos do INSS?

O calendário de pagamentos do INSS é estabelecido de acordo com o número final do NIS dos beneficiários e o montante do benefício que eles receberão. Aqueles que recebem até um salário mínimo seguem um calendário específico, com datas que começam no final de junho e vão até o início de julho para cada terminação do NIS:

  • 24 de junho: NIS final 1
  • 25 de junho: NIS final 2
  • 26 de junho: NIS final 3
  • 27 de junho: NIS final 4
  • 28 de junho: NIS final 5

Para beneficiários que ganham acima de um salário mínimo, o início dos pagamentos está marcado para o primeiro dia de julho, com os pagamentos também organizados por terminações de NIS:

  • 01 de julho: NIS finais 1 e 6
  • 02 de julho: NIS finais 2 e 7
  • 03 de julho: NIS finais 3 e 8
  • 04 de julho: NIS finais 4 e 9
  • 05 de julho: NIS finais 5 e 0

Como funciona os pagamentos emergenciais do INSS!

Em resposta às severas enchentes que impactaram diversas comunidades no Rio Grande do Sul, o INSS mostrou a sua capacidade de agir prontamente em situações emergenciais. A instituição antecipou os pagamentos de junho para todos os beneficiários do estado, um gesto que reflete o compromisso em apoiar os seus segurados nos momentos mais críticos.

Publicidade

Como Consultar o Final do seu NIS?

Para os beneficiários que desejam consultar número de NIS, a plataforma Meu INSS oferece essa possibilidade de maneira segura e conveniente. Apenas fazendo o login, é possível visualizar não apenas o número do NIS completo, mas também outras informações cruciais referentes aos benefícios do INSS. Vale lembrar que o último dígito do NIS, após o traço, não é usado nos calendários de pagamento.

Compreender os detalhes e o funcionamento do calendário de pagamentos do INSS é indispensável para todos os aposentados, pensionistas e outros beneficiários. Esses conhecimentos permitem uma organização eficaz das finanças pessoais, garantindo que não haja surpresas no decorrer do mês. Além disso, em situações excepcionais, é reconfortante saber que o Instituto está preparado para proporcionar respostas rápidas e eficientes.

Publicidade
Siga a gente no Google Notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.