Vídeo mostra Rapper Djonga agredindo seguranças

O artista disse que agrediu os seguranças, por ter sido vítima de racismo

video-mostra-rapper-djonga-agredindo-segurancas
Rapper Djonga (Crédito: Reprodução / Twitter @djongador )

O rapper Djonga, de 27 anos, diz ter sofrido racismo durante o jogo entre Atlético-MG e Athlético-PR, no Mineirão. O artista teria agredido e ameaçado dois seguranças, mas diz ter feito isso por ter sido vítima de racismo durante o jogo.

Publicidade

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), um segurança de 38 anos contou que, viu uma confusão envolvendo outros colegas. A PM ainda relata, que Djonga teria agredido os seguranças com socos e pontapés.

Todos os envolvidos foram encaminhados à delegacia dentro do estádio. 

Em seu perfil do Instagram o rapper diz “Ir no meu show e ficar gritando fogo nos racistas é fácil. Difícil é aceitar quando eu ou qualquer um reage. Desculpa, mãe. hoje é seu aniversário e eu não queria te dar desgosto. De carne osso e um coração batendo, eu memo.”

O Mineirão se manifestou “O boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de plantão, localizada no próprio estádio. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. O Mineirão lamenta e repudia qualquer ato de violência, e está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações”.

Publicidade

A assessoria do cantor disse que o rapper reagiu ao racismo e que o caso está sendo cuidado por uma equipe responsável.