11 corredores humanitários foram acordados para hoje na Ucrânia

A vice-primeira-ministra Iryna Vereshchuk confirmou apenas que os moradores de Mariupol não receberão essa ajuda

11-corredores-humanitarios-foram-acordados-para-hoje-na-ucrania
Civis deixando a Ucrânia (Créditos: Chris McGrath/Getty Images)

Iryna Vereshchuk, vice-primeira-ministra da Ucrânia, informou nesta quarta-feira (6) que 11 corredores humanitários foram acordados com a Rússia. A evacuação dos civis acontecerá hoje.

Publicidade

Iryna não deu destalhes de onde seriam os corredores humanitários na Ucrânia, segundo o portal G1. A vice-primeira-ministra confirmou apenas que os moradores de Mariupol não receberão essa ajuda. A cidade está sitiada e nesta quarta-feira (6) foi alvo de bombardeios.

Os habitantes que ainda estão no local seguem sem energia, aquecimento e mantimentos básicos. Representantes da Cruz vermelha tentaram chegar à cidade ao longo da semana, mas não passaram por bloqueios russos em cidades vizinhas a Mariupol.

Publicidade

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

Publicidade