China já tem mais casos de Covid-19 em 2022 do que em 2021

A variante Ômicron, que é altamente transmissível, desencadeia surtos em Xangai e Shenzhen

China já tem mais casos de Covid-19 em 2022 do que em 2021
Novos casos de Covid-19, na semana passada, foram identificados em Pequim e no centro financeiro de Xangai (Créditos: Divulgação / Redes Sociais – @hectorretamal AFP)

A China voltou a registrar mais casos sintomáticos locais de Covid-19, até agora em 2022 do quem em todo o ano de 2021. A variante Ômicron, que é altamente transmissível, desencadeia surtos em Xangai e Shenzhen.

Publicidade

Neste domingo (13), o país registrou 1.337 novos casos da Covid-19, com sintomas confirmados, segundo a Comissão Nacional de Saúde (NHC). Isso aumentou o total neste ano para mais de 9.000, em comparação com 8.378 casos registrados em 2021, segundo cálculos da Reuters.

Novos casos de Covid-19, na semana passada, foram identificados em Pequim e no centro financeiro de Xangai, as cidades mais povoadas da China, assim como nas províncias de Guangdong, Jiangsu, Shandong e Zhejiang ao longo da costa.

Por mais que o número de contágios seja pequeno quando comparado com números em outras partes do mundo, a rápida taxa de aumento ativou a política de tolerância zero contra a Covid-19 na China, que exige que as infecções seja identificadas e controladas o mais rápido possível. “A rodoviária de longa distância foi fechada e testes de ácido nucleico são necessários quando se viaja para outras províncias”, disse Loyd Ge, de 34 anos, morador de Xangai.

“Mas mesmo com essas medidas, ainda encontramos um novo surto em Xangai, o que significa que as medidas de controle serão reforçadas. Devemos estar preparados para um lockdown em toda a cidade”.

Publicidade

Na cidade de Shenzhen, no Vale do Silício da China, mais ao sul, as autoridades suspenderam por um tempo o transporte público e pediram para as pessoas que trabalhem de casa enquanto fazem testes em toda a cidade nesta semana, após o crescimento de novos casos, que estão surgindo no país. Os números de óbitos continuaram iguais em 4.636, pois não foram identificadas novas mortes.

“China – Policiais e trabalhadores são vistos usando roupas de proteção ao lado de algumas áreas de bloqueio após a detecção de novos casos de covid-19 em Xangai.
???? @hectorretamal
AFP”