ato solidário

Empresário doa caixões personalizados para vítimas de massacre em escola no Texas

No dia 24 de maio, um atirador matou 21 pessoas, sendo 19 crianças e duas professoras, numa escola primária.

empresario-doa-caixoes-personalizados-para-vitimas-de-massacre-em-escola-no-texas
Trey Ganem preparando caixão personalizado (Crédito: Divulgação/SoulShine Industries)

O empresário e artista Trey Ganem, de 50 anos, fabricou caixões personalizados para as vítimas do massacre na Robb Elementary School, em Uvalde, que ocorreu no dia 24 de maio. Procurado pela Associação de Diretores de Funerais do Texas, nos EUA, Trey se recusou a cobrar pelos produtos, que costumam custar US$ 3,4 mil.

Publicidade

Na ocasião do ataque, um adolescente de 18 anos, identificado como Salvador Ramos, matou 19 crianças e dois professores em uma escola de Uvalde, uma pequena localidade do Texas, perto da fronteira com o México.

Pessoas próximas ao atirador disseram à imprensa dos EUA que ele teve uma adolescência marcada por bullying e problemas familiares. Na escola, era alvo de provocações por ser gago, o que o deixava revoltado e sem vontade de estudar.

”Isso é algo que nenhuma família deveria ter que lidar”, afirmou Trey, acrescentando que trabalhou cerca de 20 horas sem parar para entregar os produtos, muitos deles com pedidos específicos, que caracterizavam a personalidade e os gostos de cada criança, dentro do prazo. Havia um, por exemplo, que queria dinossauros, com lanternas, segurando um picles.

Trey rambém destacou que a ajuda recebida pela comunidade local foi fundamental para a confecção dos caixões, cumprindo certas etapas, como lixar, pintar e aplicar os adesivos. Entre os voluntários, estava Sandra Torres, mãe de Eliahna Torres, uma das 19 vítimas do massacre. Ela trabalhou no caixão colocando imagens de llamas e o logotipo do aplicativo TikTok.

Publicidade

 

Publicidade