Conflito Rússia x Ucrânia

EUA acreditam que navio de guerra russo foi atingido por mísseis ucranianos

Toda a tripulação do navio foi retirada, sendo cerca de 500 pessoas. O navio era conhecido como “assassino de porta-aviões”

eua-acreditam-que-navio-de-guerra-russo-foi-atingido-por-misseis-ucranianos
Navio de guerra russo (Créditos: Burak Akay/Anadolu Agency/Getty Images)

Os Estados Unidos acreditam que o navio de guerra russo “Moskva” foi atingido por mísseis ucranianos, provavelmente dois. O navio afundou nesta quinta-feira (14).

Publicidade

A informação foi divulgada pela agência de notícias “Associated Press’ e pelo jornal “New York Times” nesta sexta-feira (15). Ambos os jornais são dos Estados Unidos. Após o navio afundar a Ucrânia afirmou que havia atingido com mísseis a embarcação. Já a Rússia, negou dizendo que a explosão havia sido um acidente.

Toda a tripulação do navio foi retirada, sendo cerca de 500 pessoas. O navio era conhecido como “assassino de porta-aviões” e contava com sistemas de defesa aérea capazes de proteger a esquadra de ataques aéreos. O conflito entre Rússia e Ucrânia chega a seu 51º dia nesta sexta-feira (15).

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

Publicidade