Estados Unidos

Filho que jogava cinzas do pai morre em queda de ultraleve

As autoridades afirmaram que a aeronave era de fabricação “caseira”.

Filho que jogava cinzas do pai morre em queda de ultraleve
O ultraleve consegui pousar na água e tinha o apelido de “Swan” (cisne) (Crédito: Reprodução/Fly The Swan)

Neste domingo (4), um homem morreu enquanto espalhava as cinzas de seu pai sobre um lago com um ultraleve. A queda aconteceu em Minnesota, Estados Unidos. Lee Cemensky, de 58 anos, estava em companhia do piloto Douglas Johnson, de 68 anos. Os dois morreram.

Publicidade

Segundo autoridades policiais do condado de Crow Wing, no centro-norte do estado americano, os dois morreram no local após o ultraleve perder o controle e cair. Para uma reportagem das redes CBS News e 8Newsnow, o tenente Craig Katzenbergern disse que os policias atenderam um chamado na noite do último domingo, quando descobriram que o filho estava espalhando as cinzas de seu pai, John Cemensky, com o ultraleve.

O tenente afirmou que a aeronave era de fabricação “caseira” e conseguia pousar na água, e que a FAA (Administração Federal de Aviação) e o Conselho Nacional de Segurança nos Transportes abriram uma investigação para apurar o acidente.

Leo John Cemensky, pai da vítima, morreu há um mês e deixou dois filhos, quatro netos e cinco bisnetos. A família ainda não se pronunciou sobre o caso.

Publicidade