Homenagem a Shinzo Abe

Funeral de ex-premiê Shinzo Abe começa em Tóquio

O homem acusado pelo assassinato de Abe, Tetsuya Yamagmi, de 41 anos, está detido.

funeral-de-ex-premie-shinzo-abe-comeca-em-toquio
Shinzo Abe (Créditos: Kent Nishimura/Getty Images)

Familiares e amigos de Shinzo Abe prestam homenagem ao ex-primeiro-ministro japonês nesta segunda-feira (11) em seu funeral, em Tóquio. Abe foi assassinado ao ser atingido por dois tiros na último sexta-feira (8), enquanto fazia um discurso no oeste do Japão.

Publicidade

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, entregou ao  primeiro-ministro japonês Fumio Kishida, uma carta de Joe Biden, presidente norte-americano, destinada à família de Abe. “Quando um amigo está sofrendo, o outro amigo aparece. Abe fez mais do que qualquer outra pessoa para elevar a relação entre Estados Unidos e Japão”,  disse o secretário. Além disso, Blinken declarou que Abe era um “homem de visão com a habilidade de concretizar esta visão”.

O homem acusado pelo assassinato de Abe, Tetsuya Yamagmi, de 41 anos, está detido. Ele alegou aos investigadores que atacou o ex-premiê porque acreditava que o político estava vinculado a uma organização religiosa.

A mãe do suspeito é integrante da Igreja da Unificação, confirmou a organização, também conhecida como Seita Moon, nesta segunda-feira (11).  Segundo o portal g1, o atirador acreditava que Abe tinha vínculos com este grupo. “A mãe do suspeito Tetsuya Yamagami é membro de nossa organização e tem participado de nossos eventos uma vez por mês”, declarou Tomihiro Tanaka, presidente da Igreja da Unificação no Japão, em uma breve entrevista coletiva em Tóquio.

Publicidade