APROXIMAÇÃO NO ORIENTE

Importação chinesa de carvão da Rússia atinge maior alta em 5 anos

Importações entre os dois países já são 60% maiores do que no ano passado.

China ainda é o país que mais consome carvão mineral no mundo (Créditos: Kevin Frayer/Getty Images)

8.54 milhões de toneladas de carvão foram importadas da Rússia pela China no último mês, definindo esse período como a maior alta da importação desse produto em 5 anos na relação entre os dois países.

Publicidade

Segundo informações da Al Jazeera, o comércio desse minério aumentou em 57% em comparação com o mesmo período do ano passado, refletindo o resultado da aproximação entre os dois países após o isolamento da Rússia causado pela guerra na Ucrânia.

Os dados do comércio de carvão entre as duas nações começaram a ser coletados em 2017, tornando esta também a maior alta de que se tem registro.

No geral, a China está importando 60% mais da Rússia, principalmente petróleo e gás, além do carvão. O movimento é recíproco, uma vez que as importações russas dos produtos chineses aumentou em 26%.

De acordo com a Al Jazeera, o comércio entre os dois países já movimentou U$117.2 bilhões até agosto de 2022, um aumento de mais de 31% em relação ao ano passado.

Publicidade

A China tem mantido uma postura bilateral em relação à guerra entre Rússia e Ucrânia. Beijing não aderiu sanções ao país vizinho e o presidente Xi Jiping já declarou que a amizade de seu país com o de Vladimir Putinnão tem limites“, mas não há um enfrentamento direto com o ocidente para combater as sanções.

Publicidade