Conflito Rússia X Ucrânia

Japão aumenta valor de ajuda financeira à Ucrânia

A atual decisão de ajuda à Ucrânia veio logo após os EUA e a União Europeia anunciarem mais assistência ao país europeu.

japao-dobra-ajuda-financeira-para-ucrania
Primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida (Crédito: Rodrigo Reyes Marin – Pool/Getty Images)

O Japão decidiu dobrar sua ajuda à Ucrânia. O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, anunciou que, em vez do envio ser de US$ 300 milhões, passará a ser de US$ 600 milhões, equivalentes a cerca de R$ 2,9 bilhões de apoio financeiro. De acordo com a CNN, Kishida afirmou que a decisão foi tomada depois que a Ucrânia explicou suas necessidades financeiras devido à invasão russa.

Publicidade

“O Japão continuará apoiando fortemente a Ucrânia em cooperação com o G7 e a comunidade internacional”, disse Kishida aos jornalistas. A atual decisão de ajuda a Ucrânia veio logo após os EUA e a União Europeia anunciarem mais assistência à Ucrânia. Segundo Kishida, nesta quinta-feira (19) será discutida a posição do Japão sobre o conflito da Rússia e Ucrânia nas próximas semanas, informou o site de notícias CNN.

Conflito Rússia e Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu a Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças, Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Um dos motivos desta invasão é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente, sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, em uma publicação no Twitter disse que é preciso agir em conjunto para ajudar a Ucrânia.

Publicidade

Publicidade