Três meses inconsciente

Jovem acorda de coma e descobre que noivo a deixou

Após acordar do coma, Brie descobriu que seu noivo não a visitou e já arrumou uma nova namorada.

Jovem descobre que seu noivo não a visitou no hospital
Brie Duval, jovem australiana que quase perdeu a vida (Crédito: Reprodução/ Redes Sociais)

A jovem Brie Duval, de 25 anos, sofreu um acidente grave em 29 de agosto de 2021 e obteve um traumatismo cranioencefálico, resultando num coma. A australiana, que havia se mudado para o Canadá, passou três meses inconsciente deitada em uma cama de hospital. No momento em que a vítima acordou, apresentava perda de memória, e então permaneceu internada por mais dois meses. 

Publicidade

Assim que a memória de Brie estava recuperada, ela pode acessar seu celular. No entanto, ao conferir suas mensagens, descobriu que seu noivo estava em uma nova relação. O casal estavam juntos havia quatro anos e moravam na mesma residência. Com o acidente de sua parceira, o moço arranjou uma nova namorada e mudou-se para casa dela. Após a notícia, Brie foi informada que seu ex-noivo não a visitou nenhuma vez sequer no hospital e além de tudo, a bloqueou nas redes sociais. 

As notícias foram publicadas pelo jornal britânico Mirror, na terça-feira (07). A jovem contou em entrevista, que ficou sabendo sobre o novo relacionamento de seu ex-noivo, por mensagem enviada pela atual namorada dele. A mulher pediu para que Brie não entrasse mais em contato com o homem. 

A australiana também explicou que não teve ajuda de seus pais, porque eles moram na Austrália e o acidente ocorreu no auge da pandemia causada pelo Covid-19, portanto, os pais de Brie não conseguiram viajar para outro país. Minha mãe e meu pai foram ao governo e pediram permissão especial para se despedir de mim, pois as coisas estavam ruins naquele momento. Eles recusaram, não lhes deram uma chance e não lhes deram uma razão, simplesmente disseram não. Então minha mãe disse aos médicos no Canadá para manter meu suporte de vida ligado e não desligar em nenhuma circunstância, o que eles tiveram que cumprir sob indução”, explicou a jovem. 

Brie Duval retornou para casa, na Austrália, e afirmou que não quer ficar longe da sua família. Vê-los teria ajudado. Lutei muito, tive uma experiência de quase morte. Eu estava confusa, estava com medo e literalmente chorava todos os dias. Definitivamente era algo que eu nunca mais quero viver novamente e eu não quero ficar longe da minha família novamente”, disse ela.

Publicidade

Após a divulgação do caso, os usuários do Twitter debateram sobre as mulheres ficarem sozinhas em casos de doenças.