Massacre em Bucha foi intencional, diz governo da Ucrânia

A cidade está localizada nos arredores de Kiev e foi libertada neste sábado (2)

O Ministério de Relações Exteriores da Ucrânia afirmou neste domingo (3) que o massacre ocorrido em Bucha foi intencional. A cidade está localizada nos arredores de Kiev e foi libertada neste sábado (2).

Publicidade

“Os russos querem eliminar tantos ucranianos quanto possível. Nós devemos pará-los e expulsá-los. Eu exijo novas sanções devastadoras do G7 agora”, disse Dmytro Kuleba, ministro das Relações Exteriores, em sua conta em uma rede social.

De acordo com o portal G1, neste sábado (2), o prefeito de Bucha afirmou que haver cerca de 300 corpos em uma vala comum da cidade. Alguns deles estavam com as mãos amarradas e, aparentemente, todos eram civis. O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, disse estar “horrorizado com o caos”. Também, declarou que “É o mais brutal ataque contra civis que já vi na Europa em décadas”.

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Publicidade

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.