Conflito Rússia X Ucrânia

ONU diz que pelo menos 1.932 civis já morreram na Ucrânia

A maioria das mortes foram causadas por conta de armas explosivas.

onu-diz-que-pelo-menos-1-932-civis-ja-morreram-na-ucrania
O ACNUDH acredita que os números de mortes devem ser maiores do que os apresentados (Crédito: Sean Gallup/Getty Images)

A Organização das Nações Unidas (ONU), afirmou que pelo menos 1.932 civis foram mortos e 2.589 ficaram feridos desde que a guerra na Ucrânia começou. Segundo um comunicado do Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH), nesta quarta-feira (13),  os números registrados de mortos até o dia 12 de abril foram 485 homens, 313 mulheres, 31 meninas e 54 meninos, e 72 crianças e 977 adultos que ainda não se sabe o sexo.

Publicidade

A maioria das mortes foram causadas por conta de armas explosivas que causam um grande impacto. O ACNUDH acredita que os números de mortes devem ser maiores do que os apresentados, visto que algumas informações de cidades ucranianas extremamente destruídas foram adiadas.

O chefe da ONU, Antonio Guterres disse que o ataque à estação ferroviária em Kramatorsk, matou dezenas de civis e que isso é totalmente inaceitável. “Esta guerra brutal tem que ter um fim”. Além disso, o chefe mencionou que as mortes das crianças ucranianas também precisar parar.

Conflito Rússia e Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu a Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças, Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Um dos motivos desta invasão é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente, sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

Publicidade

From 24 Feb—12 April, we recorded 4,521 civilian casualties in context of Russia’s armed attack against #Ukraine: 1,932 killed, incl 157 children; 2,589 injured, incl 250 children, mostly caused by shelling & airstrikes. Actual toll is much higher. Update https://t.co/wfZlrt6gac pic.twitter.com/yprQ00IkGD

Publicidade