ataque hacker

Optus, da Austrália, diz que dados de clientes podem ter sido vazados após ataque

O diretor da empresa se disse devastado ao descobrir vulnerabilidade no sistema.

Serviços de voicemail, transações financeiras e registros de senhas não foram afetados (Créditos: Jenny Evans/Getty Images)

A Optus, segunda maior empresa de telecomunicações da Austrália, informou nesta quinta-feira (22) que dados pessoais dos seus clientes podem ter sido vazados após um ataque hacker.

Publicidade

De acordo com a Al Jazeera, a empresa disse que estará investigando a possibilidade de um acesso não autorizado aos dados dos clientes, que incluem nome, endereço, e-mails, data de nascimento, número de telefone e número de passaporte.

Em um comunicado, a empresa afirmou que seu sistema foi desligado assim que as ferramentas de defesa identificaram o ataque e que nenhum cliente sofreu algum dano, mas aconselhou os seus usuários a manterem-se mais alertas para possíveis fraudes.

A Optus agora está trabalhando com o centro de cybersegurança da Austrália para identificar os potenciais riscos do ataque hacker e identificar o autor. A companhia ainda não especificou quando o ataque ocorreu e quantas contas podem ter sido afetadas.

Publicidade

O que se sabe é que serviços como voicemails, mensagens de texto, pagamentos de contas e senhas estão entre os dados que não foram afetados.

Estamos devastados ao descobrir que estávamos vulneráveis à esse cyberataque que resultou na exposição de dados pessoas dos nossos clientes para alguém que não deveria ver isso“, disse o diretor executivo da Optus, Kelly Bayer, em um pronunciamento.

Publicidade