Putin chama governo ucraniano de “viciados em drogas e neonazistas”

O presidente russo atacou o presidente Volodimir Zelensky e afirmou: “Tome o poder em suas mãos. Parece-me que será mais fácil negociar entre você e eu”

Putin chama governo ucraniano de viciados em drogas e neonazistas
Presidente russo, Vladimir Putin (Crédito: Peter Muhly – WPA Pool/ Getty Images)

O presidente russo, Vladimir Putin, pediu nessa sexta-feira (25) que o exército do governo ucraniano “tome o poder” em Kiev, capital da Ucrânia. E assim, derrube o poder do presidente Volodimir Zelenski e seu governo, a quem ele descreveu como “neonazistas e viciados em drogas”.

Publicidade

“Tome o poder em suas mãos. Parece-me que será mais fácil negociar entre você e eu”, disparou Putin contra o exército ucraniano em uma intervenção na televisão russa.

O presidente russo afirmou que não está lutando contra unidades do exército, mas sim contra formações nacionalistas que se comportam “como terroristas” usando civis “como escudos humanos”.

Vladimir Putin se dirige aos militares do governo ucraniano, “Tome o poder em suas próprias mãos. Parece que será mais fácil para nós chegarmos a um acordo do que com essa gangue de viciados em drogas e neonazistas, que se estabeleceram em Kiev e fizeram reféns todo o povo ucraniano.”

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da Perfil Brasil.

*Texto publicado originalmente no site Perfil Argentina.

Publicidade