Conflito Rússia X Ucrânia

Putin diz que sanções contra a Rússia provocam crise global

Na opinião do líder russo, se o Ocidente continuar com sanções contra a Rússia, as consequências serão mais “difíceis e intratáveis” para a União Europeia.

putin-diz-que-sancoes-contra-a-russia-estao-provocam-crise-global
Presidente russo, Vladimir Putin (Crédito: Sean Gallup/Getty Images)

O presidente da Rússia, Vladimir Putin disse nesta quinta-feira (12), durante uma reunião sobre questões econômicas, que sanções impostas pelo Ocidente contra a Rússia estão provocando crise global. De acordo com a CNN, Putin comentou sobre o aumento da inflação na Europa. “Seus autores, guiados por ambições políticas míopes e infladas, a russofobia, atingiram em maior medida seus próprios interesses nacionais, suas próprias economias, o bem-estar de seus cidadãos. Vemos isso, em primeiro lugar, em um aumento acentuado da inflação na Europa”.

Publicidade

Na opinião do líder russo, se o Ocidente continuar com sanções contra a Rússia, as consequências serão mais “difíceis e intratáveis” para a União Europeia, bem como para os países mais pobres do mundo. O presidente russo ainda culpa elites dos países ocidentais, dizendo que elas preferem sacrificar o resto do mundo para manter seu domínio global.

Além disso, Putin acrescenta que a Rússia está lidando com desafios externos provocados pelas sanções ocidentais e que a inflação no país está desacelerando. “O aumento semanal dos preços já caiu para 0,1%, isso já está próximo da taxa de crescimento semanal que corresponde à meta de inflação do Banco da Rússia”.

Conflito Rússia e Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu a Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças, Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Um dos motivos desta invasão é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente, sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

Publicidade

A primeira ministra da Estônia, Kaja Kallas, recebeu nesta quinta-feira (12), a deputada da Ucrânia, Olena Kondratiuk para conversar sobre a situação do país. “Bem-vinda, deputada Olena Kondratiuk. Discutimos como ajudar a Ucrânia a vencer a guerra, incluindo a necessidade de mais ajuda. Sanções duras e fazer a Rússia pagar por danos também são vitais. Também falamos sobre o forte apoio entre os cidadãos da UE à adesão da Ucrânia à UE.”

Publicidade