Mudança de Planos?

Rússia planeja referendos para anexar territórios ucranianos

Um grupo de pessoas nomeadas pela Rússia está elaborando “comissões eleitorais” e recrutando moradores para a realização de plebiscitos.

Rússia planeja referendos para anexar territórios ucranianos
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse que seu país protegerá quem queira “determinar seu destino de forma independente” (Crédito: Jeff J Mitchell/Getty Images)

De acordo com o jornal The New York Times, a Rússia planeja fazer referendos para anexar territórios ucranianos que já estão ocupados por tropas russas. As cidades de Kherson e Zaporizhzhia, no sul da Ucrânia, e Donetsk e Luhansk, no leste do país, são exemplos.

Publicidade

Ainda de acordo com o jornal estadunidense, um grupo de pessoas nomeadas pela Rússia está elaborando “comissões eleitorais” e recrutando moradores para a realização de plebiscitos no início do mês de setembro.

John Kirby, coordenador do Conselho de Segurança para Comunicações Estratégicas dos EUA, já havia alertado para as intenções do país do presidente Vladimir Putin. No dia 19 de julho, Kirby disse que “referendos simulados” estão contidos no planejamento russo para a anexar territórios ucranianos ocupados.

O jornal Washington Post afirmou que Leonid Slutsky, chefe da Comissão de Assuntos Internacionais da Duma, câmara baixa do Parlamento da Rússia, sugeriu 11 de setembro como uma data para a realização dos referendos.

Nas cidades escolhidas por Moscou, passaportes russos estão sendo distribuídos, bem como decodificadores que oferecem acesso à televisão estatal russa e redirecionamento da internet local para servidores russos.

Publicidade

Publicidade