Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

Brasileiro Feminino: Avaí/Kindermann conquista última vaga nas quartas

brasileiro-feminino:-avai/kindermann-conquista-ultima-vaga-nas-quartas

O Avaí/Kindermann levou a melhor na disputa com o Flamengo e ficou com a última vaga às quartas de final da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Nesta quarta-feira (24), as Leoas Avaianas empataram por 1 a 1 com o líder Corinthians no estádio Carlos Alberto Costa Neves, em Caçador (SC), conquistando o ponto que precisavam para se classificarem.

As donas da casa abriram o marcador aos seis minutos do segundo tempo. A lateral-esquerda Carol arrematou de fora da área, no ângulo da goleira Kemelli. O empate saiu aos 32, em outro golaço de longa distância, desta vez da atacante Grazi, do Timão.

As catarinenses, que precisavam apenas do empate, avançaram na oitava posição, com 21 pontos. O Corinthians encerrou a primeira fase na ponta, com 38 pontos. As equipes estarão frente a frente novamente nas quartas de final. O confronto reedita a decisão do último Brasileiro, vencida pelas paulistas.

Além de torcer por uma derrota do Avaí/Kindermann, o Rubro-Negro precisava vencer a Ferroviária, mas foi superado por 2 a 1 no estádio Alfredo de Castilho, em Bauru (SP). Aos 25 minutos da etapa inicial, a meia Aline Milene lançou a atacante Lurdinha, que dominou às costas da zaga e balançou as redes. No segundo tempo, aos 14 minutos, a volante Kaylane achou Jayanne por trás da defesa. A atacante tirou da marcação e chutou no canto da goleira Luciana. Aos 33, porém, Lurdinha aproveitou um chutão da zagueira Anny e finalizou na saída da goleira Kaká.

O tropeço manteve o Flamengo em nono, com 18 pontos. As Guerreiras Grenás, que já estavam classificadas, finalizaram a primeira fase em quinto lugar, com 27 pontos. No mata-mata, o clube do interior paulista será o adversário do Santos, quarto colocado com a mesma pontuação, mas melhor no saldo de gols (dez a seis).

As Sereias da Vila foram derrotadas pelo Cruzeiro por 2 a 1, na Vila Belmiro, em Santos (SP). O resultado salvou as Cabulosas do rebaixamento à Série A2 (segunda divisão). Aos 12 minutos da etapa inicial, Duda cobrou falta no travessão e a também meia Carol aproveitou a sobra para colocar as mineiras em vantagem. Antes do intervalo, a goleira Mary Camilo salvou a cabeçada da atacante Amanda Guiterres, mas não a da zagueira Camila, que empatou. Nos acréscimos do segundo tempo, a meia Vanessinha avançou pela direita e cruzou rasteiro para a lateral Thalita fazer o gol da vitória da equipe celeste, que ficou na 11ª posição, com 15 pontos.

Quem também escapou da queda foi o São José. Tricampeãs da Libertadores e campeãs mundiais em 2014, as joseenses derrotaram o já rebaixado Napoli-SC por 2 a 0 no Centro de Treinamento Água Amarela, em Chapecó (SC). As paulistas foram a 13 pontos, na 12ª posição, uma a frente do Z4. As rivais, que foram para o jogo com apenas 13 atletas, devido a um surto de casos do novo coronavírus (covid-19), despediram-se da primeira divisão na vice-lanterna, com sete pontos. A atacante Sisi abriu o marcador a um minuto do segundo tempo. Aos 17, a meia Ju Oliveira foi lançada pela atacante Fernanda Tipa e bateu na saída da goleira Gaby.

O Botafogo não teve a mesma sorte e foi rebaixado à Série A2. As Gloriosas ficaram no zero com o Grêmio no Centro de Treinamento Hélio Dourado, em Eldorado do Sul (RS), finalizando a competição em 13º, com 11 pontos. As Gurias Gremistas, com 25 pontos, encerraram a primeira fase em sétimo.

Nas quartas, as gaúchas terão pela frente o vice-líder Palmeiras. As Palestrinas chegaram a 37 pontos com a vitória por 3 a 2 sobre o Minas Brasília, de virada, no estádio Abadião, em Ceilândia (DF). A derrota, aliada a outros resultados da rodada, decretou a queda das brasilienses à segunda divisão. O Minas ficou na 14ª posição, com os mesmos 11 pontos do Botafogo, mas saldo de gols inferior (-9 a -15).

As anfitriãs foram para o intervalo com dois gols de vantagem. Aos 12 minutos, a meia Karla Alves lançou a atacante Nenê, que invadiu a área e finalizou no canto da goleira Jully. Aos 19, Kaká cobrou pênalti, Jully defendeu, mas a própria zagueira ampliou no rebote. Na etapa final, a atacante Maria Alves cruzou pela direita e a meia Júlia Bianchi, de cabeça, descontou aos seis minutos. Aos 11, novamente pela direita, a atacante Bia Zaneratto rolou na pequena área para Maria Alves deixar tudo igual. Aos 35, a atacante Chu levantou na área e Bia Zaneratto cabeceou para definir o triunfo palmeirense.

O São Paulo também ganhou de virada nesta quarta: 3 a 2 sobre o lanterna Bahia, que se despediu da primeira divisão sem vitórias e com apenas quatro pontos. As Mulheres de Aço saíram na frente no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana (BA), com a atacante Gabi Itacaré balançando as redes aos três minutos. Aos 22, a meia Giovanninha empatou na pequena área. Aos 34, Gabi Itacaré driblou a goleira Thaís Helena e recolocou as anfitriãs à frente. Na etapa final, aos 36 minutos, a zagueira Gislaine igualou de cabeça. Cinco minutos depois, a meia Duda, cobrando falta, decretou a vitória do Tricolor paulista, que foi a 29 pontos, na terceira posição.

O clube do Morumbi medirá forças com o Internacional nas quartas de final. As Gurias Coloradas finalizaram a primeira fase em sexto, com 27 pontos, superadas por Santos e Ferroviária (que atingiram a mesma pontuação) pelo saldo. Nesta quarta, as gaúchas visitaram o Real Brasília no estádio da Serra do Lago, em Luizânia (GO), e foram derrotadas por 1 a 0. A zagueira Isa Melo, de cabeça, aos 11 minutos do segundo tempo, fez o gol da vitória das brasilienses, que encerraram o ano de estreia na elite do Brasileiro na décima colocação, com 18 pontos.

O calendário da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) prevê os duelos de ida e volta pelas quartas de final do Brasileiro nos dias 15 e 22 de agosto, respectivamente, após a Olimpíada de Tóquio (Japão). Os quatro times mais bem colocados da primeira fase (Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos) têm a vantagem de fazerem a segunda partida como mandantes.

(Agência Brasil)

Mais em Perfil

Últimas Notícias