Juntos desde 2007

Como Bolsonaro conheceu a primeira-dama?

Segundo especialistas, durante a campanha de reeleição de Bolsonaro, Michelle assumiu papel fundamental na missão de reduzir a rejeição do presidente entre o eleitorado feminino.

como-michelle-e-bolsonaro-se-conheceram
Jair e Michelle durante os atos do 7 de setembro (Créditos: Andressa Anholete/Getty Images)

Em mais um aceno ao eleitorado feminino, Jair Bolsonaro (PL) voltou a elogiar a primeira-dama, Michelle, em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada.

Publicidade

”Um dia [Michelle] chegou no quarto com uma tesourinha para cortar os cabelos da sobrancelha. O dia que ela não me dá uma bronca eu fico preocupado. Eu estou ensinando um novo ditado: manda quem pode, obedece quem tem esposa”, disse Jair.

Juntos desde 2007, Jair e Michelle se conheceram quando ela atuava num gabinete vizinho ao dele na Câmara dos Deputados, em Brasília. Filiado à época ao mesmo partido (PP), o então parlamentar convidou Michelle para trabalhar em seu gabinete na Casa.

“Tudo começou quando nos vimos pela primeira vez no gabinete do Jair. Não demorou muito para termos certeza que queríamos dividir uma vida a dois. Após seis meses de namoro, aconteceu o pedido de noivado e três meses depois nos casamos no civil. Esperamos o momento certo para receber a benção de Deus e escolhemos propositalmente a data da celebração no religioso, dia 21 de março, data de aniversário do Jair e no dia 22 seria o meu. Um amor que foi conquistado aos poucos. Mas hoje posso dizer, sem dúvidas, que ele é meu grande amor. Nossa história se resume na letra desta canção”, escreveu Michelle em 2013, quando estampou a capa da revista Festejar Noivas RJ.

Bolsonaro, por sua vez, relembrou da ocasião em que começaram a namorar até o período em que formaram uma família.

Publicidade

“A Michelle estava a 10 metros de mim e não enxergava, pois vivia um momento em que tudo parecia não dar certo. Resolvi então novamente buscar a felicidade e me aproximei dela. Deste relacionamento brotou um sentimento que me fez voltar aos tempos de cadete da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende. Tudo passou a ser diferente, a esperança e a alegria de viver brotaram de tal forma que até hoje ainda me pergunto se tudo isso é verdade. Da nossa união nasceu aquilo que materializa uma família, onde o respeito e o amor nos deram nossa filha Laura”, disse o então deputado à revista.

Em 28 de novembro de 2007, após 9 meses de namoro, Michelle e Bolsonaro oficializaram a união no civil. A festa do casamento, contudo, só viria a acontecer em 21 de março de 2013, no dia do aniversário de Bolsonaro. A cerimônia religiosa foi celebrada pelo pastor Silas Malafaia e reuniu 150 convidados, no espaço de eventos Mansão Rosa, no Alto da Boa Vista, na zona norte do Rio de Janeiro.

 

Publicidade