armas e votos

Número de policiais, bombeiros e militares candidatos cresce 27%

Entre os estados, o RJ lidera em número de candidatos das forças de segurança. Tocantins é o que tem menos.

numero-de-policiais-bombeiros-e-militares-candidatos-cresce-27
Policiais militares montam guarda enquanto o presidente do Brasil Jair Bolsonaro faz um discurso durante seu primeiro comício de campanha à reeleição antes das eleições de 02 de outubro em 16 de agosto de 2022 em Juiz de Fora, Brasil (Créditos: Andre Borges/Getty Images)

O número de candidatos policiais e de outras forças de segurança aumentou 27% nesta eleição quando comparado com os dados de 2018. A informação foi divulgada pelo g1 nesta segunda-feira (16).

Publicidade

O levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra que mais de 1,7 mil candidatos vinculados às policias militar, civil, bombeiros e membros das Forças Armadas apresentaram registro no TSE. Quatro anos atrás, esse total foi de pouco mais de 1,3 mil.

O maior crescimento foi observado no total de candidatos que declararam trabalhar como policiais militares. Em 2018, foram 601, e agora são 817, aumento 36%.

Para identificar os candidatos, a pesquisa considerou a informação fornecida pelos candidatos sobre a sua ocupação e a identificação do nome de urna. Esse critério também é adotado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública em seus levantamentos. O grupo dos candidatos que utilizam nomes de patentes ou cargos nas forças de segurança, mas que registraram outras ocupações, apresentou aumento de 78%.

Publicidade