CLIMA TENSO

Vera Magalhães comenta ataque de Bolsonaro

A jornalista afirmou que Bolsonaro ‘precisou recorrer a um papel para dizer o que fez pelas mulheres’ enquanto o acusava de ser misógino.

Desavença ocorreu durante embate entre o candidato do PL e Ciro (Créditos: Reprodução/Band)

Ao final do debate na Band deste domingo (28), a jornalista da TV Cultura, Vera Magalhães, comentou com o UOL sobre o infeliz atrito que teve com o presidente Jair Bolsonaro (PL) durante o evento. “Atitude absolutamente descontrolada“, definiu.

Publicidade

A jornalista e Bolsonaro tiveram uma triste desavença durante o debate após Vera Magalhães ter perguntado ao também candidato Ciro Gomes (PDT) se, na avaliação dele, “a desinformação sobre vacinas, difundida inclusive pelo presidente da República” contribuiu para a situação de mortes na pandemia.

Com direito de comentar a resposta, o candidato à reeleição subiu o tom e respondeu: “Vera, não podia esperar outra coisa de você. Eu acho que você dorme pensando em mim, você tem alguma paixão por mim. Você não pode tomar partido num debate como este, fazer acusações mentirosas a meu respeito. Você é uma vergonha para o jornalismo brasileiro.”

Em entrevista para o colunista do UOL Kennedy Alencar na saída do debate, Magalhães disse que Bolsonaro “não gosta de ser questionado por mulher.”

“Ele já fez isso em relação a mim e a outras jornalistas mulheres, é da natureza dele, ele não gosta de ser questionado por mulheres.”

Publicidade

A briga e sua repercussão agravam a relação de Bolsonaro com o eleitorado feminino, que amplamente rejeita o atual presidente.