Jogo Político

Líderes do MDB declaram apoio a Lula

Em evento na sede da Fundação Perseu Abramo, parlamentares do MDB declararam apoio à candidatura já no primeiro turno.

Líderes do MDB declaram apoio a Lula
O apoio dos líderes do MDB a Lula indica uma certa indecisão dentro do partido, que tem como pré-candidata a senadora Simone Tebet (Crédito: Andressa Anholete/Getty Images)

A Zona Sul de São Paulo recebeu, nesta segunda-feira (18), um evento com líderes do MDB de 11 estados para declarar apoio ao pré-candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O partido tem a senadora Simone Tebet (MDB) como pré-candidata à Presidência da República.

Publicidade

No evento, estavam presentes o senador Renan Calheiros (AL), o governador de Alagoas, Paulo Dantas, o presidente do diretório estadual do MDB no Rio de Janeiro, Leonardo Picciani, além dos dos senadores Veneziano Vital do Rêgo (PB), Eunício Oliveira (CE), Lúcio Vieira Lima (BA), Rose de Freitas (ES), Marcelo Castro (PI) e Edison Lobão (MA), todos do MDB.

Ao lado de Lula, o senador Eduardo Braga (AM) discursou justificando o apoio dos líderes do MDB ao pré-candidato do PT:

“Tomamos a decisão nos nossos estados de apoiar sua candidatura. Nós temos 11 estados representados do MDB comprometidos com o projeto de Brasil que todos queremos, com o fortalecimento da democracia, com a retomada do crescimento, com a retomada do emprego, renda e da justiça social com o aspecto humanitário que este país precisa para que nós possamos ter a solidariedade e o enfrentamento da fome.”

Sobre o racha interno do partido, o governador de Alagoas, Paulo Dantas, afirmou que defenderá o apoio a Lula nas convenções nacionais do MBD:

Publicidade

“Vamos conversar com todos que fazem o MDB no Brasil para que o MDB marche junto para o fortalecimento da nossa democracia, e a gente entende que a candidatura do presidente Lula representa isso. Obviamente a gente respeita a opinião de todos, mas o nosso ponto de vista é defender firmemente a candidatura do presidente Lula e a aliança já em primeiro turno.” 

 

 

Publicidade