UM LIMITE

Prazo: PGR tem 15 dias para decidir se denuncia Bolsonaro ou se arquiva o caso das joias

De acordo com as investigações da Polícia Federal, o valor total da operação é de US$ 1.227.725,12; este total equivale a R$ 6.826.151,66

Prazo: PGR tem 15 dias para decidir se denuncia Bolsonaro ou se arquiva o caso das joias
O ex-presidente Jair Bolsonaro fala com jornalistas – Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil

A Procuradoria-Geral da República (PGR) tem um prazo de 15 dias para a análise do inquérito das joias sauditas, que apura suposto desvio do acervo presidencial por parte do ex-mandatário Jair Bolsonaro (PL) e seus ex-assessores.

Publicidade

Nesta segunda-feira (8), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, retirou sigilo oficial sobre os documentos.

PGR: arquiva ou amplia a investigação

Dentro deste prazo de 15 dias, o órgão pode pedir mais provas, arquivar o caso ou ainda apresentar denúncia contra os indiciados.

A Polícia Federal (PF) indiciou, na quinta-feira (4), o ex-presidente Bolsonaro e outras 11 pessoas por associação criminosa, lavagem de dinheiro e apropriação de bens públicos.

Confira a lista de indiciados pela PF:

Publicidade
  • Jair Bolsonaro;
  • Bento Albuquerque;
  • José Roberto Bueno Júnior;
  • Julio Cesar Vieira Gomes;
  • Marcelo da Silva Vieira;
  • Marcos André dos Santos Soeiro;
  • Mauro Cesar Barbosa Cid;
  • Fabio Wajngarten;
  • Frederick Wassef;
  • Marcelo Costa Câmara;
  • Mauro Cesar Lourena Cid;
  • Osmar Crivelatti.

Valor das joias

Até o momento as investigações dos agentes identificaram que três conjuntos de bens foram recebidos pelo ex-presidente. De acordo com a PF, o valor total da operação é de US$ 1.227.725,12, o que equivale a R$ 6.826.151,661.

A investigação apura se o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e seus ex-assessores teriam desviado do acervo presidencial peças valiosas presenteadas a ele quando ainda estava em exercício. Caso haja uma condenação, o ex-presidente pode pegar entre dez e 32 anos de reclusão pelos crimes de associação criminosa, lavagem de dinheiro e também de apropriação de bens públicos.

Publicidade

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.