Campanha Política?

Vereador do MBL processa Manu Gavassi por manifestação a favor de Lula em show

A cantora já declarou publicamente que votará no candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Vereador do MBL processa Manu Gavassi por manifestação a favor de Lula em show
Manu Gavassi por diversas vezes demonstrou publicamente seu descontentamento em relação ao governo do presidente Jair Bolsonaro (Crédito: Reprodução/Instagram)

Rubinho Nunes (União Brasil), vereador de São Paulo, processou a cantora Manu Gavassi por posicionar-se politicamente durante um show em Natal, Rio Grande do Norte, na sexta-feira (22). O processo foi aberto nesta segunda-feira (25).

Publicidade

No show, Manu Gavassi exibiu uma estrela branca em um fundo vermelho, em alusão à estrela do PT, no telão do palco. A cantora já declarou publicamente que votará no candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Já o vereador Rubinho Nunes é pré-candidato a deputado federal, integrante do Movimento Brasil Livre (MBL), e vem processando artistas que se manifestam politicamente durante shows. Em entrevista concedida à CNN Brasil, Nunes declarou que deseja impedir “subcelebridades de atuarem como cangaceiros eleitorais”.

O vereador de São Paulo ainda pede que a publicação com a foto do show seja apagada, tanto das redes sociais da cantora quanto das redes sociais do Partido dos Trabalhadores, que também publicou fotos do show. No perfil de Manu Gavassi, a legenda da foto é: “Tendo um claro posicionamento político, laço no cabelo e bom senso crítico com vocês”.

Publicidade

Pela Constituição, showmícios são proibidos e podem render multas que variam entre R$ 5.000 e R$ 25 mil. Porém, uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) entendeu que os artistas podem se posicionar politicamente desde que não se configure nenhuma irregularidade eleitoral.

 

Publicidade