Casos de gripe aumentam no Rio, já foram registrados mais de seis mil

Todas as unidades de saúde da cidade do Rio registraram aumento da procura por atendimento por causa da gripe

Casos de gripe aumentam no Rio, já foram registrados mais de seis mil casos na cidade
A prefeitura fez um apelo para que a população procure os postos de saúde para tomar a vacina, já que a cobertura vacinal contra a gripe está baixa na cidade do Rio. (Crédito: Paula Bittar)

A cidade do Rio de Janeiro já registrou mais de seis mil casos de H3N2 este ano. Nesta quinta-feira (25), 23 crianças estão internadas na rede SUS da capital com casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) causadas pela gripe. 

Publicidade

Na última quarta-feira (24), a prefeitura fez um apelo para que a população procure os postos de saúde para tomar a vacina, já que a cobertura vacinal contra a gripe está baixa na cidade do Rio. A gripe apresenta riscos, principalmente para idosos, gestantes e crianças com até seis anos.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, todas as unidades de saúde da cidade registraram aumento da procura por atendimento. O secretário também informou que todos os pacientes que chegam para buscar atendimento estão sendo testados também para Covid-19, uma vez que as duas doenças apresentam sintomas respiratórios.

“Quando a gente tem sintomas respiratórios é importante testar para Covid. E os testes têm sido negativos para Covid e positivos para influenza, que é a gripe sazonal. A gente não esperava esse aumento de casos de gripe agora na chegada do verão. Com a baixa de cobertura de vacina para gripe, o vírus pode se disseminar e a gente tem muitos casos em todas as unidades”, afirmou o secretário Daniel Soranz em entrevista ao g1.

Vacina contra a gripe

A vacina contra a Influenza A, a gripe sazonal, é recomendada a qualquer pessoa com mais de seis meses de idade.

Publicidade

Para estimular a vacinação contra a gripe, a prefeitura anunciou que, além das clínicas da família e dos postos de saúde, os locais da cidade que estão vacinando contra a Covid também estarão aplicando o imunizante.

Não há necessidade de intervalo entre a vacina da Covid e da gripe. Ambas podem ser aplicadas no mesmo dia.