Rio de Janeiro

‘Ele é o tipo de gente que aprende com erros’, diz companheira de preso por ataque a ato de Lula no Rio

Nesta terça-feira (12) o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou André Stefano pelo ataque ao ato do Partido dos Trabalhadores (PT), que aconteceu na quinta-feira (7).

ele-e-o-tipo-de-gente-que-aprende-com-erros-diz-companheira-de-preso-por-ataque-a-ato-de-lula-no-rio
André Stefano Dimitriu Alves de Brito (Créditos: Divulgação/ Polícia Civil)

A companheira de André Stefano Dimitriu Alves de Brito, que foi preso por arremessar  um tipo de bomba caseira durante um ato do ex-presidente Lula no Rio de Janeiro, afirmou que o homem “é o tipo de gente que aprende com erros”.

Publicidade

De acordo com a mulher, “André Stefano Alves de Brito, antes desse acontecimento é pai, companheiro, é base. Se fez o que estão apontando pra ele, é errado, porém é importante que seja julgado com justiça, levando em conta seu histórico como pessoa família e sem antecedentes de crime de nenhuma espécie. Ele é o tipo de gente que aprende com erros.

Nesta terça-feira (12) o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou André Stefano pelo ataque ao ato do Partido dos Trabalhadores (PT), que aconteceu na quinta-feira (7), à noite, no Centro do Rio. O homem foi preso em flagrante após arremessar uma garrafa pet com um líquido que cheirava a fezes contra pessoas em ato do ex-presidente Lula.

Um dia após o ataque, a prisão preventiva de André Stefano foi decretada. Ele responderá pelo crime de explosão, por expor a perigo a vida, integridade física ou o patrimônio de pessoas.

Publicidade