A Nissan vai lançar 23 modelos verdes; A fronteira híbrida está chegando?

Quase duas dezenas de veículos serão as principais estrelas do novo plano Ambition da empresa japonesa. Haverá espaço para uma pick-up eletrificada?

A Nissan vai lançar 23 modelos verdes; A fronteira híbrida está chegando?
Crédito: Divulgação

Nissan é outra marca que quer se comprometer com diferentes objetivos ecológicos para os próximos anos e por isso lançou o programa Ambition 2030, no qual se propõe o lançamento de 23 modelos eletrificados.

Publicidade

Do total de modelos ecológicos, 15 serão totalmente elétricos, enquanto o restante certamente terá algum tipo de tecnologia híbrida. Além disso, com o anúncio, a empresa japonesa apresentou quatro imagens de novos conceitos.

Embora o plano esteja programado para ser executado nos próximos anos, a meta é chegar a zero emissões totais até 2050. Na primeira escala de investimentos, haverá desembolsos para os próximos cinco anos. Conforme divulgado pela Quatro Rodas, 20 modelos serão lançados nos próximos cinco anos.

Espera-se que a Europa tenha 75% dos veículos com alguma forma de assistência de energia, o Japão 55%, enquanto a China e os Estados Unidos alcançariam 40%. Além disso, a incorporação de baterias de lítio e a ampliação das capacidades dessas peças serão pilares fundamentais.

Por enquanto não há muitas novidades sobre novos modelos, mas não seria absurdo a Nissan apostar em uma Frontier com algum tipo de tecnologia elétrica, seja ela híbrida ou totalmente eletrificada.

Publicidade

Esta picape ecológica também pode ser um dos primeiros modelos produzidos na América do Sul (na fábrica de Santa Isabel, província de Córdoba, Argentina) para a montagem de uma mecânica ecológica. Toyota e Ford, duas outras marcas com terminais no país vizinho, também parecem seguir de perto a ideia de apostar em uma Hilux ou Ranger com essas características. Se essa ideia for levada adiante, também deverá ter um impacto sobre a Renault do Alasca, seu primo de primeiro grau.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.

Publicidade