Ucranianos acampam em estação de metrô, à espera de ataque russo

As tropas da Rússia estão em direção à capital da Ucrânia, Kiev. Um comboio de 67 quilômetros se direciona à cidade, enquanto as forças armadas alertam civis pra ataques

Ucranianos acampam em estação de metrô, à espera de ataque russo
Algumas pessoas têm tendas ou colchões de ar (Créditos: Pierre Crom/Getty Images)

No momento em que a cidade de Kiev está se preparando para receber um grande ataque russo, diversos moradores da Ucrânia se escondem em abrigos antiaéreos, porões e estações de metrô.

Publicidade

Pelo corredor, camas e cobertores se estendem. Algumas pessoas têm tendas ou colchões de ar. Os abrigados principalmente, mulheres e crianças, usam seus telefones ou leem livros para passar o tempo. Também são vistos cães e gatos na estação, levados por seus donos.

Em direção à capital

No sétimo dia de confrontos armados, as tropas da Rússia estão em direção à capital da Ucrânia, Kiev. Um comboio de 67 quilômetros se direciona à cidade, enquanto as forças armadas alertam civis pra ataques.

Na quarta-feira (2) ainda, uma grande explosão foi sentida em Kiev, após os destroços de um míssil da Rússia atingir a estação de trem central da cidade. As autoridades não confirmaram qual era o alvo original do ataque, que não deixou vítimas, de acordo com informações preliminares cedidas pelo prefeito de Kiev.

Tomada de Kherson

Diante dos conflitos, e da escalada da Rússia, o prefeito da cidade ucraniana de Kherson, Ihor Kolykhaiev, declarou que os militares da Ucrânia não estão mais no local, indicando que agora ela está sob controle russo. Kherson é uma cidade estrategicamente importante pela sua posição em relação ao Mar Negro com uma população de quase 300 mil habitantes.

Publicidade

“Outro do bairro de Borshchgovka, na região de Kiev: um incêndio no local do ataque.”

Publicidade