Motoristas de aplicativo abastecem com até R$ 1 em protesto pelo aumento da gasolina

Em um dos pontos da capital Aracaju, a gasolina chegou ao valor de R$ 7,89

Motoristas de aplicativo abastecem com até R$ 1 em protesto pelo aumento da gasolina
(Crédito: Marcello Casal jr/Agência Brasil)

Motoristas de aplicativo fizeram um protesto contra o aumento da gasolina e do diesel nessa sexta-feira (11), em Aracaju. Os protestantes abasteceram os carros com valores entre R$ 0,50 e R$ 1 e exigiram nota fiscal dos postos.

Publicidade

Para o G1, o representante do Sindicato de Donos de Postos (Sindpese), Maurício Cotrim, comentou a situação e o que ela causa. “Entendemos que é legítimo qualquer movimento, afinal de contas, está todo mundo sofrendo no bolso o aumento de combustíveis. Mas é preciso ficar claro que a culpa não é do dono do posto. Em relação ao documento, o cupom já é um comprovante”, falou.

Em um dos pontos da capital a gasolina chegou ao valor de R$ 7,89. Segundo o G1, o protesto gerou aglomeração de veículos pela exigência do documento e a Polícia Militar precisou ir ao local para mediar a situação.

Aumento combustíveis

A Petrobras anunciou os reajustes de preços de venda de gasolina e diesel para as distribuidoras a partir dessa sexta-feira (11) após 57 dias sem aumento.

O preço médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro. Para o diesel, o preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras subirá de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro.

Publicidade