Preços de remédios devem subir a partir de 1º de abril

Os reajustes são controlados pelo governo através do CMED

precos-de-remedios-devem-subir-a-partir-de-1o-de-abril

Os preços dos remédios devem subir a partir do final desta semana. No dia 1º de abril será permitido os reajustes nos valores dos medicamentos pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED). A porcentagem autorizada de aumento ainda seá liberada. Segundo uma análise do Citi, a alta deve ser em torno de 10%.

Publicidade

Os reajustes anuais de medicamentos é definido a partir da inflação, além de envolver outras questões do setor. No começo do ano, o Comitê Técnico-Executivo da CMED definiu m zero dois fatores de reajustes de medicamentos sendo o fator de produtividade (Fator X) e o fator de ajuste de preços relativos intrassetor (Fator Z).

O fator X é estabelecido a partir de ganhos futuros de produtividade das empresas da indústria farmacêutica no país. Já o o Fator Z também terá valor igual a zero. Além desses fatores, também entra o fator Y que se refere a preço de reajuste, de acordo com setores e inflação.

Os ajustes são controlados pelo governo através do CMED, órgão vinculado à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Dessa forma, o governo federal autoriza ou não os valores estipulados para os reajustes. No ano passado, o reajuste foi de até 10,08% para os medicamentos, um pouco mais dos preços dos remédios que devem subir a partir de 1º de abril deste ano.

Publicidade