Aviões russos são interceptados por caças da Otan

A interceptação ocorreu no Mar Báltico, Barents e no Mar do Norte, após aeronaves russas estarem operando próximo ao espaço aliado da Otan

Aviões russos são interceptados por caças da Otan
Os caças F-15E dos Estados Unidos foram enviados pelo (CAOCUE) da base aérea de Amari, na Estônia (Créditos: Divulgação / Redes Sociais @NATO_AIRCOM)

Foram interceptados por países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Mar Báltico, Barents e no Mar do Norte, aviões russos operando próximo ao espaço aliado da Otan nesta quinta-feira (3).

Publicidade

Os caças F-15E dos Estados Unidos foram enviados pelo Centro de operações Aéreas Combinadas Uedem (CAOCUE) da base aérea de Amari, na Estônia, para averiguar os aviões que estavam transitando pelo espaço aéreo perto dos Estados Bálticos, que eram desconhecidos.

De acordo com a CNN, um comunicado divulgado pelo Gabinete de Relações Públicas do Comando Aéreo Aliado, diz que os americanos avistaram dois caças Su-25 e dois MiG-31 russos, que não apresentaram plano de voo e não se comunicavam com o Controle de Tráfego Aéreo. Também foi identificado durante a interceptação, um avião de transporte russo Tu-154.

“Em nenhum momento a aeronave russa entrou no espaço aéreo aliado e todas as interações foram seguras e profissionais”, informou a Otan. A força aérea da Noruega, também interceptou uma aeronave de reabastecimento russo junto a bombardeios. Também identificou aviões da Rússia a Força Aérea Real Britânica que estavam sobrevoando em direção às ilhas Britânicas.

Foi informado pela organização que as operações de policiamento aéreo “respondem a aeronaves militares e civis que não seguem os regulamentos internacionais de voo e se aproximam do espaço aéreo dos Aliados. Essas respostas visam salvaguardar o espaço aéreo da OTAN e apoiar a segurança de todos os usuários do ar”.

Publicidade

“@Força aérea dos Estados Unidos Bandeira dos Estados UnidosF-15Es interceptaram Bandeira da Rússiacaças operando perto do espaço aéreo aliado sobre o Mar Báltico enquanto @Luftforsvaret Bandeira da Noruegae @Força Aérea Real Bandeira do Reino Unidoaeronaves interceptaram Bandeira da Rússiaaeronaves voando de Barents para o Mar do Norte em 3 de fevereiro”

Publicidade