Baterista do Foo Fighters morreu de overdose, diz investigação

Segundo o jornal Semana, também havia heroína no sangue do músico.

taylor-hawkins-baterista-do-foo-fighters-morreu-de-overdose
(Crédito: Rich Fury/Getty Images)

Na noite deste sábado, a entidade responsável pela investigação afirmou que o baterista da banda Foo Fighters, Taylor Hawkins, morreu de overdose. No corpo do músico, médicos encontraram pelo menos dez substâncias diferentes, entre as quais maconha, antidepressivos e opioides.

Publicidade

“No exame toxicológico de urina realizado em Taylor Hawkins foram encontrados preliminarmente dez substâncias, entre elas: THC (maconha), antidepressivos tricíclicos, benzodiazepínicos e opioides”

Fiscalía General de la Nación

Segundo o jornal Semana, também havia heroína no sangue do músico. Mais cedo, logo que equipes chegaram ao local da morte, foi feito um relatório, que sugeriu que a causa estivesse ligada ao uso de drogas. Ele havia sentido dores no peito antes de morrer.

Lollapalooza no Brasil

A organização do Lollapalooza, que acontece em São Paulo, informou que o Foo Fighters cancelou toda a turnê sul-americana. A banda iria se apresentar neste domingo (27) no festival. O Foo Fighters estava programado para encerrar o dia no palco principal.

Nas redes sociais, o Foo Fighters prestou uma homenagem a Taylor Hawkins e afirmou que toda a banda “está devastada”.

Publicidade