SUCESSÃO DO TRONO

Conheça Príncipe Charles, o sucessor da Rainha Elizabeth

Morte da Rainha pôs fim ao reinado mais longo do Reino Unido. Charles será o monarca mais velho a assumir o trono

O príncipe assumirá com o nome de Rei Charles III (Créditos: Paul Edwards – WPA Pool/Getty Images)

Após a trágica noticia da morte da Rainha Elizabeth II, o Reino Unido deve se preparar para receber Charlie Philip Arthur George, o Príncipe Charles, primogênito da Rainha, como seu novo monarca.

Publicidade

Elizabeth II foi a Rainha do Reino Unido durante 70 , tendo assumido o trono em 2  junho de 1953. Ela viveu para comemorar suas 7 décadas de reinado, evento que foi promovido em fevereiro. A monarca protagonizou o reinado mais longo da história do país.

O sucessor da rainha será o Príncipe Charles, filho mais velho de Elizabeth, com 73 anos. O primogênito já vinha aos poucos assumindo as funções da mãe devido a sua saúde debilitada.

Charles é irmão da princesa Anne, 72, do Duque de Iorque, Andrew, 62, e do Conde de Wessex, Edward, 58.

Elizabeth II se tornou rainha quando Charles tinha apenas 3 anos, aos 9 o garoto foi coroado príncipe de Gales, título tradicional do herdeiro do trono britânico. Mais tarde também assumiria os títulos de Duque da Cornualha e Duque de Edimburgo.

Publicidade

A vida pública de Charles é marcada por sua história conturbada com a Princesa Diana, falecida em 1997 após um acidente de carro.

Charles se casou com Diana Spencer em 29 de julho de 1981, numa cerimônia que foi acompanhada por mais de 750 mil pessoas ao vivo pela televisão. Juntos, os dois tiveram 2 filhos: Principe Williams (próximo na linha de sucessão após o pai) e o Príncipe Harry.

Em 1996, os dois passaram por um divórcio polêmico, o qual Diana atribuía à suposta traição de Charles com Camilla Parker Bowles (com quem se casaria 8 anos depois). Segundo a família real, o divórcio foi pacífico e o Príncipe negou as traições. Lady Di viria a falecer um ano depois num acidente de carro.

Publicidade

O príncipe herdou algumas das causas defendidas por sua mãe, a Rainha Elizabeth II foi uma notória defensora do ambientalismo, pressionando lideres mundiais para realmente pensarem no futuro, ideais que Charles também manifesta. Em 2021, o sucessor do trono prestou solidariedade e apoio ao movimento de jovens ambientalistas, como Greta Thumberg.

Inspirado na Magna Carta, documento de 1215 que limitou o poder dos monarcas da Inglaterra, em 2021 Charles publicou a “Terra Carta”. Documento que tem como objetivo servir de base para um plano de recuperação para a natureza. O texto apela para o setor privado a proteger a Terra e adotar a ideia de investir em “capital natural”.

 

Publicidade