300 papéis secretos

Documentos levados por Trump da Casa Branca eram secretos, diz jornal

Segundo jornal “The New York Times”, ex-presidente pegou 300 papéis ao deixar governo, incluindo material da CIA, da Agência Nacional de Segurança e do FBI.

documentos-levados-por-trump-da-casa-branca-eram-secretos-diz-jornal
Ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump (Crédito: Andrew Harrer-Pool/Getty Images)

Ao deixar a Casa Branca, o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, levou cerca de 300 documentos secretos do governo norte-americano para sua residência pessoal, em Mar-a-Lago, afirma o jornal “The New York Times”.

Publicidade

Entre os papéis levados irregularmente por Trump, estão materiais da CIA – a agência secreta do país -, além de documentos do FBI – o serviço de inteligência – e da Agência Nacional de Segurança.

Ainda segundo o jornal, a documentação foi parcialmente recuperada pelo governo norte-americano, após meses de negociações com assessores do ex-presidente. Citando fontes da investigação, o jornal diz que, através do diálogo, 150 documentos foram devolvidos em janeiro e uma outra quantidade em junho.

A terceira parte dos papéis, que Trump não havia devolvido ainda, foi recolhida pelo FBI durante operação na casa do ex-presidente em Mar-a-Lago, na Flórida, no início de agosto.

Publicidade

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos ainda não havia se pronunciado sobre as alegações do “New York Times” até a última atualização desta notícia.

Tentativa de barrar a leitura de documentos

Na segunda-feira (22), Donald Trump apresentou à Justiça um pedido para que o FBI seja impedido de ter acesso aos documentos recolhidos em sua residência de Mar-a-Lago antes de que um mediador seja designado legalmente para fazer a leitura dos papéis.

Publicidade