Encontro entre ministros não gerou progresso para um cessar-fogo

Os ministros se encontraram nesta quinta-feira (10), na Turquia

encontro-entre-ministros-nao-gerou-progresso-para-um-cessar-fogo
Dmytro Kuleba, ministro das Relações Exteriores da Ucrânia (Créditos: Alex Wong/Getty Images)

Dmytro Kuleba afirmou que o encontro com Sergei Lavrov não gerou progresso para um cessar-fogo entre os países. Além disso, ele diz que não foi fácil ouvir Lavrov durante o encontro, de acordo com o portal G1. Ambos os ministros se encontraram nesta quinta-feira (10), na Turquia.

Publicidade

O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia ainda completou dizendo que a lista de demandas do russo é, praticamente, uma exigência de rendição. Ele reforçou que a Ucrânia não vai se render.

Kuleba também afirma que pediu um corredor humanitário na cidade de Mariupol, no sul do país, atacada nesta quarta-feira (9). Segundo ele, Lavrov não se comprometeu com o pedido. Por fim, o ucraniano declarou que está pronto para mais encontros neste formato.

Entenda o conflito

Desde a quinta-feira (24), Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

Publicidade