Fale conosco

O que vc está procurando?

Carros

Jeep apresenta o novo Commander

A marca americana acaba de apresentar o SUV regional de médio porte sem precedentes que se tornará o irmão mais velho do Compass

Jeep apresenta o novo Commander
(Crédito: Divulgação)

A Jeep apresentou o novo Commander, o SUV de tamanho médio de sete lugares que terá uma classificação superior à do Compass. O compromisso inédito da marca americana é produzida no Brasil e é um dos modelos mais sofisticados fabricados na região.

Do ponto de vista do design, tem um estilo semelhante a vários modelos da marca, incluindo o novo Grand Cherokee, Wagoneer e claro, o seu irmão mais novo (Compass).

Com dimensões generosas (4,77 m de comprimento, 1,86 m de largura, 1,68 m de altura e 2,79 m de distância entre eixos), utiliza a mesma plataforma (Pequeno Largo) do Renegade, Compass e Fiat Toro, embora seja um pouco mais luxuoso . A capacidade do porta-malas é de 661 litros com duas fileiras de assentos e 233 com as três.

Por dentro, ele se parece muito com o recente restyling do SUV de cinco lugares de tamanho médio ou com o futuro redesenho do utilitário esportivo menor do Jeep. Os instrumentos são totalmente digitais, enquanto a tela flutuante no console central é de 10,25 polegadas. A distância entre eixos do novo Commander é superior à de seus vários companheiros de plataforma.

Dividido em duas versões (Overland e Limited), terá dois tipos de motores, associados a diferentes transmissões automáticas. Por sua vez, o equipamento é quase o mesmo que a Bússola, com vários auxiliares de direção, como freio autônomo, sensor de chuva, sensor crepuscular, controle de tração, freio elétrico de estacionamento, assistência de manutenção de faixa, controle automático de cruzeiro., Assistência de estacionamento, detector de pedestres, controle de clima bi-zona, seletor de modos de condução e tipos de terreno, entre outros.

Sob o capô, você terá o novo motor turbonaftero 1.3 de 180 cv e 27,5 kgm de torque (igual ao Compass), ligado a uma transmissão automática de seis marchas. Também estará disponível o motor 2.0 turbodiesel com 170 cv de potência e 38 kgm de torque, associado a uma caixa automática de nove marchas. A tração é integral ou simples, dependendo da versão.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da PERFIL Argentina.

Mais em Perfil

Últimas Notícias