Fale conosco

O que vc está procurando?

Mundo

Negociações da Rússia com EUA e Otan não têm sido boas

A Rússia quer impedir a entrada da Ucrânia na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan)

negociacoes-da-russia-com-eua-e-otan-nao-tem-sido-boas
Presidente da Rússia, Vladimir Putin (Crédito: Peter Muhly - WPA Pool/Getty Images)

As negociações da Rússia com os Estados Unidos e Otan não têm sido das melhores. Nessa quinta-feira (13) a Rússia disse em persuadir o Ocidente para impedir a Ucrânia de ingressar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Segundo o vice-ministro das Relações Exteriores, Sergei Ryabkov, especialistas militares russos, oferecem opções ao presidente Vladimir Putin caso a Ucrânia piore.

A Rússia fez com que os Estados Unidos e os seus aliados reúnam cerca de 100 mil militares na fronteira com a Ucrânia. A opinião dos Estados Unidos é que as propostas da Rússia de impedir o ingresso da Ucrânia no grupo, e suspender atividades militares na Europa oriental não vão ser concluídas. Inclusive, as conversas entre os Estados Unidos e Otan não foram bem sucedidas por apresentarem diferentes abordagens.

O Kremlin avaliou as reuniões diplomáticas dessa semana, antes mesmo delas terminarem. Conversas se estenderam até Viena, na Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), composta por 57 países.

A missão russa chegou a compartilhar no Twitter “Se não tivermos uma resposta construtiva às nossas propostas dentro de um prazo razoável e o comportamento agressivo em relação à (Rússia) continuar, teremos que tomar as medidas necessárias para garantir o equilíbrio estratégico e eliminar ameaças inaceitáveis à nossa segurança nacional”.

Mais em Perfil

Últimas Notícias