eleitores no exterior

Brasileiros formam filas para votar em vários países

Em Paris, Londres, Amsterdam, e Lisboa há registros de filas.

brasileiros-formam-filas-para-votar-em-varios-paises
Brasileiros em ida ao local de votação em Paris (Créditos: Reprodução/ Redes Sociais)

Neste domingo (2), cerca de 700 mil eleitores brasileiros que vivem em outros países devem votar para escolher o próximo presidente da República. No exterior, o horário de votação segue o fuso horário de cada país. Em Paris, Londres, Amsterdam e Lisboa há registros de filas.

Publicidade

Ao todo, serão 989 urnas eletrônicas no exterior e 29 urnas de lona para locais onde há entre 30 e 99 eleitores aptos. De acordo com a Agência Senado, Lisboa, capital de Portugal, é a cidade com a maior quantidade de brasileiros aptos a votar, com 45, 2 mil eleitores.

Logo em seguida, vêm Miami e Boston, ambas nos Estados Unidos, com 40,1 mil e 37,1 mil eleitores, respectivamente. Também há muitos brasileiros em Nagoia, no Japão, com 35,6 mil aptos a votar, e em Londres, na Inglaterra, com 34,4 mil.

De acordo com dados do Ministério das Relações Exteriores (MRE), as mulheres são maioria do eleitorado no exterior, representando 58,54%. A maior parte dos eleitores brasileiros em outros países tem entre 35 e 44 anos.

A responsabilidade da organização da votação no exterior do país é do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal. Os brasileiros com domicílio eleitoral no exterior que não puderem comparecer no dia da eleição deverão justificar a ausência pelo e-Título.

Publicidade

Filas quilométricas para votar na Eleição brasileira em Lisboa, o maior colégio eleitoral do exterior. #Elei pic.twitter.com/st6RvkfjUX

— Fábio Giacomelli (@fabiogiacomelli) October 2, 2022

Publicidade