Ciro Gomes critica Bolsonaro por ‘comício com milhões de recursos públicos envolvidos’

O candidato pedetista também criticou a comparação entre primeiras-damas feita por Bolsonaro, vista como “grosseira” por Ciro.

Ciro Gomes critica Bolsonaro por 'comício com milhões de recursos públicos envolvidos'
Ciro Gomes durante entrevista para o Canal Rural (Crédito: Reprodução/Twitter)

O candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) criticou as ações do presidente Jair Bolsonaro (PL) neste 7 de Setembro. O candidato pedetista afirmou que Bolsonaro usou o desfile de Independência do Brasil como palanque político.

Publicidade

Em campanha por Minas Gerais, Ciro disse que um “presidente imbecil e criminoso” transformou um ato cívico em um ato de campanha pago com “milhões de recursos públicos envolvidos”:

“Nós assistimos ao presidente da República colocar um empresário picareta (referência a Luciano Hang, presidente da Havan), investigado na Justiça, do seu lado, e o presidente de Portugal foi colocado ao lado, numa verdadeira agressão diplomática”, afirmou o candidato do PDT.

“Em seguida, militares fardados, com as suas condecorações, com uniforme de gala, misturando-se com (…) patetas de um presidente imbecil e criminoso, como é o Bolsonaro, transformar um ato cívico, uma solenidade cívico-militar, num comício com milhões de recursos públicos envolvidos”, completou.

Ciro Gomes também criticou a comparação entre primeiras-damas feita por Bolsonaro, vista como “grosseira” pelo candidato:

Publicidade

“Ver o presidente da República com termos chulos, fazer uma comparação absolutamente estúpida, grosseira, da estética da sua mulher com a mulher dos seus adversários.”