provocações políticas

MBL convida para curso homem que xingou Bolsonaro de ‘tchutchuca do centrão’

Segundo o site oficial, o curso é para “formação de líderes do MBL”, com “formação teórica e prática em debates, gestão, liderança, marketing, história e filosofia política”. 

mbl-convida-para-curso-homem-que-xingou-bolsonaro-de-tchutchuca-do-centrao
Momento em que Jair Bolsonaro agride o youtuber Wilker Leão (Créditos: Reprodução/YouTube)

O MBL (Movimento Brasil Livre) convidou Wilker Leão, youtuber que classificou o presidente Jair Bolsonaro (PL) como ”tchutchuca do centrão”, para participar de um curso de formação de líderes, que será realizado no ano que vem.

Publicidade

“O Wilker não é aluno do MBL, mas está convidadíssimo para ser”, disse o perfil oficial, ao responder um internauta sobre a suposta ligação do grupo com o jovem.

Segundo o site oficial, o curso é para “formação de líderes do MBL”, com “formação teórica e prática em debates, gestão, liderança, marketing, história e filosofia política”.

Após o incidente, o jovem quadruplicou o número de seguidores só no Instagram após a veiculação do vídeo. O rapaz passou de cinco mil seguidores para 22,7 mil em apenas quatro horas na plataforma. No YouTube, Wilker tinha 12 mil inscritos em seu canal por volta do meio-dia desta quinta-feira; quatro horas depois eram 20,9 mil. E no TikTok, ele passou dos 120 mil para 128,4 mil seguidores.

Publicidade

Quem é Wilker Leão?

O youtuber Wilker Leão, que se envolveu em uma confusão com o presidente Jair Bolsonaro (PL) na manhã desta quinta-feira (18), possui 120 mil seguidores no TikTok e 13 mil inscritos em seu canal no YouTube. O jovem, que afirma ser cabo do Exército e advogado, aborda temas sobre militarismo, direito e política em seus vídeos.

Na manhã desta quinta (18), um vídeo de Bolsonaro puxando Wilker pela gola da camiseta viralizou nas redes sociais. A confusão foi na saída do Palácio da Alvorada, onde Bolsonaro costuma conversar com apoiadores.

No vídeo, Wilker aparece provocando o presidente. “Seu covarde, tchutchuca do centrão”, dizia ele. Logo em seguida, o presidente se aproxima e tenta tomar o celular do youtuber.

Publicidade

Não é 1ª vez que Leão discute com o presidente. Em abril de 2022, o youtuber publicou um vídeo cobrando Bolsonaro por melhorias nas patentes do Exército.

Uma das séries produzidas por Wilker nas redes sociais se chama “Questionando o gado”, onde ele aparece questionando bolsonaristas sobre questões polêmicas envolvendo o chefe do Executivo.

“100 mil seguidores alcançados no TikTok discutindo política e combatendo o fanatismo dos extremos. Sigo fazendo minha parte para contribuir com a melhora política do nosso país”, disse Wilker Leão em uma publicação nas redes sociais.

Publicidade