Soberana Plus

Belarus é 1º país europeu a aprovar vacina cubana contra Covid

As vacinas cubanas se baseiam em uma proteína recombinante, a mesma técnica usada pela norte-americana Novavax e pela francesa Sanofi.

(Crédito: Divulgação)

Belarus se tornou, nesta quarta-feira (27), o primeiro país europeu a aprovar o uso emergencial da Soberana Plus, uma das três vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas por Cuba. O anúncio foi feito pelo Instituto Finlay de Vacinas de Havana, que produz do imunizante.

Publicidade

O imunizante cubano é aplicado em dose única e é voltada para adultos. Também é usada como uma terceira dose de reforço depois da aplicação de duas injeções da Soberana 02. A vacina já foi adquiridas por vários países, como Venezuela, Nicarágua, Irã e Vietnã.

Publicidade

Hoje, quase 80% das vacinas incluídas em seu programa de imunização são fabricadas na própria ilha eaté esta quarta-feira, 90,01% de seus 11,2 milhões de habitantes estão imunizados.

 

Publicidade