Novos sintomas da Covid-19 são listados no Reino Unido

No total são 9 sintomas e os clássicos como febre, tosse e perda de olfato deixaram de ser predominantes com a variante ômicron

Teste de Covid-19 (Créditos: Al Bello/Getty Images)

O Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido divulgou uma lista de novos sintomas associados a Covid-19 em adultos. No total são 9 sintomas e os clássicos como febre, tosse e perda de olfato deixaram de ser predominantes com a variante ômicron.

Publicidade

Anteriormente, o serviço de saúde britânico listava somente os sintomas clássicos, citados acima, como indício de um possível diagnóstico de Covid-19. A nova lista inclui os sintomas: falta de ar, fadiga ou exaustão, dores no corpo, dor de cabeça, dor de garganta, nariz entupido ou escorrendo, perda de apetite, diarreia, náuseas ou vômitos.

A infectologista Carla Kobayashi, do Hospital Sírio-Libanês e consultora técnica do Ministério da Saúde explica que com a chegada da ômicron, os sintomas como tosse, febre e perda de olfato deixaram de aparecer tão frequentemente. “Então a gente passou a ter muita dor de garganta, muita dor de cabeça, muita dor no corpo”, explicou a especialista.

De acordo com o portal G1, a médica considera a decisão do governo britânico inteligente, já que a incidência da variante está muito alta no mundo. Segundo a Fiocruz, no Brasil, uma análise demonstrou que 99,7% dos genomas sequenciados em fevereiro correspondiam à essa variante.

“A maioria desses sintomas incluídos [pelo NHS], como a fadiga, dor no corpo, dor de cabeça, coriza e os gastrointestinais são justamente os mais característicos da ômicron”, completou a infectologista. No Brasil, a lista de sintomas para um possível quadro clínico de Covid-19 não é atualizada desde maio do ano passado.

Publicidade

Publicidade