erradicar a pobreza extrema

Felipe D’Avila quer programa social para famílias com crianças pobres

Candidato à Presidência pelo Novo cumpre agenda no Triângulo Mineiro.

Felipe D'Avila quer programa social para famílias com crianças pobres
(Crédito: Rodrigo Paiva/Getty Images)

O candidato à Presidência da República pelo partido Novo, Felipe D’Avila, e o candidato a vice, Tiago Mitraud, cumprem agenda de campanha em Uberlândia e Uberaba, no Triângulo Mineiro, nesta sexta-feira (16) para encontrar apoiadores e candidatos do Novo e debater suas propostas com empresários do setor alimentício nas duas cidades.

Publicidade

“Minas Gerais tem uma grande potência na área do agronegócio. Precisamos levar mais da experiência de Minas para o resto do Brasil, colocar o Brasil também nos trilhos, trazer previsibilidade das regras, confiança nas regras do jogo para deixar que o investimento privado faça a economia gerar renda e emprego para o brasileiro”, disse o presidenciável, na chegada a Uberlândia.

Ele também falou sobre uma das metas do seu plano de governo que é erradicar a pobreza extrema em quatro anos. “Vamos fazer isso focalizando o que já vem sendo gasto com programas sociais nos mais pobres. Estamos falando aqui de famílias que têm crianças pobres. Não é possível dar o mesmo valor de auxílio para um jovem de 20 anos desempregado e para uma mãe com duas crianças. Sabemos que a maior parte da miséria extrema no Brasil está nas famílias que têm crianças com menos de 10 anos”, disse o candidato.

O presidenciável começou a agenda na ONG Pontes de Amor, organização filantrópica sem fins lucrativos, filiada à Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção, que atua há dez anos em Uberlândia e no Triângulo Mineiro.

Após almoço com lideranças locais do partido, os candidatos visitam a sede da empresa de produtos lácteos Yamo. No fim da tarde, eles se encontram com lideranças empresariais filiadas à Associação Comercial e Industrial de Uberaba e encerram o dia em um jantar com apoiadores na cidade.

Publicidade