Chevrolet S10 Max, a nova picape que chega à América Latina

A caminhonete da marca ficará posicionado na entrada da gama em alguns mercados. Ela chegou ao México e tem previsão de desembarque em outros países da região

Chevrolet S10 Max, a nova picape que chega à América Latina
(Crédito: Divulgação/ Chevrolet)

A Chevrolet lançou um novo modelo na América Latina, o S10 Max, que se tornará uma das caminhonetes de trabalho mais acessíveis da empresa, pois estará posicionada no nível de entrada.

Publicidade

Batizado de S10 Max, o primeiro mercado a recebê-lo foi o México, embora a empresa tenha anunciado que chegará a outros países da região para expandir ainda mais sua gama de caminhonetes.

Para quem não conhece esta picape, ela é derivada da Maxus T70, uma cópia chinesa desenvolvida pela SAIC, empresa parceira da General Motors. Como já dissemos várias vezes, são vários os modelos que chegam à região graças a esta associação, como o Groove (irmão mais novo do Tracker) ou o novo Captiva.

Além disso, deve-se lembrar que diversos projetos e até mesmo desenvolvimentos mecânicos também são realizados no país asiático como a nova geração de Montana e até mesmo parte dos projetos que deram vida ao Trailblazer (não derivado do S10) e Tracker .

Voltando ao S10 Max, conforme revelado pelo UOL Carros, as modificações entre o modelo General Motors e o Maxus T70 se limitam ao logotipo, já que o resto do veículo é praticamente o mesmo.

Publicidade

Com um equipamento bastante completo, as principais diferenças em relação às suas irmãs (Colorado, prima da S10, e Silverado, picape full-size) ficam por baixo do capô, já que teria os mesmos motores de seu clone chinês: a 2.4 aspirado 160 cv e 2.0 turbo 213 cv. A transmissão será manual ou automática e nas versões mais completas haverá configurações com tração 4×4.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.

Publicidade