Jogador do Bayern sofre complicações da covid-19 após recusar vacina

No mês passado, o meio-campista causou polêmica na Alemanha após duvidar publicamente sobre a eficácia dos imunizantes e confirmar que não tinha se vacinado

jogador-do-bayern-sofre-complicacoes-pela-covid-19-apos-recusar-vacina
Joshua Kimmich durante partida contra o FC Schalke 04 pela Bundesliga em 18 de setembro de 2020. (Créditos:Alexander Hassenstein/Bongarts/Getty Images)

O meio-campista do Bayer de Munique, Joshua Kimmich, ficará afastado dos treinos e jogos por tempo indeterminado após apresentar sequelas do covid-19.

Publicidade

Segundo nota divulgada pelo clube nesta quinta-feira (9), o alemão recusou receber a vacina e agora sofre de ”infiltrações pulmonares leves”. Kimmich não estará a disposição do treinador Julian Nagelsmann para os últimos três jogos do Bayern em 2021.

Em declarações publicadas no site oficial do clube e em seu instagram pessoal, Joshua disse estar bem e ansioso para voltar a atuar pelo time alemão. ”Estou muito bem, mas ainda não posso treinar totalmente devido a pequenas infiltrações em meus pulmões. Portanto, farei alguns treinamentos de reabilitação e mal posso esperar para estar totalmente de volta à ação em janeiro”.

No mês passado, o meio-campista causou polêmica na Alemanha após duvidar publicamente sobre a eficácia dos imunizantes e confirmar que não tinha se vacinado. Após essas declarações, o governo alemão se manifestou e rechaçou o posicionamento de Kimmich em meio a um aumento de mortes e infecções no país.

Publicidade

De acordo com a atual legislação alemã para não vacinados na Alemanha, o clube informou que não pagou o salário do jogador enquanto ele estava de quarentena.

Publicidade