A influência das avós na oferta de trabalho no México

A morte da avó impacta a renda das mães, que é reduzida em 53%, em média, enquanto as horas trabalhadas caem 30%

A influência das avós na oferta de trabalho no México
A morte da avó gera uma redução de 27% no emprego das mães (Crédito: Canva Fotos)

Um estudo recente de Miguel Ángel Talamas, da Kellog School of Management da Northwestern University, revelou a influência que as avós podem ter na oferta de emprego.

Publicidade

O autor destaca que as avós no México cuidam de quase 40% das crianças de até 6 anos, percentual equivalente ao das que frequentam escolas e creches.

Com base nos dados da Pesquisa Nacional de Ocupação e Emprego do México entre 2005 e 2020, a autora constatou que a morte da avó gera uma redução de 27% no emprego das mães. Em contrapartida, a morte do avô ou do pai não tem impacto nessa variável na vida da mãe.

A morte da avó impacta a renda das mães, que é reduzida em 53%, em média, enquanto as horas trabalhadas caem 30%.

O autor destaca que aumentar a oferta de atenção à primeira infância pode reduzir drasticamente a criminalização da maternidade e a disparidade de gênero no mercado de trabalho. Também promove um maior envolvimento dos homens como pai e avô, no cuidado dos filhos.

Publicidade

*Por Victor Beker – Diretor do Centro de Estudos da Nova Economia da Universidade de Belgrano.

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da Perfil Brasil.

*Texto publicado originalmente no site Perfil Argentina.

Publicidade