Ataque russo em base militar deixa 35 mortos

A base fica a menos de 25 quilômetros da fronteira com a Polônia e o ataque deixou pelo menos 134 feridos

Ataque russo em base militar deixa 35 mortos
Ucrânia (Crédito: Spencer Platt/Getty Images)

Um ataque russo com mísseis atingiu uma base militar na fronteira entre Ucrânia e Polônia, neste domingo (13). Segundo a AP News, 35 pessoas foram mortas e pelo menos 134 ficaram feridas.

Publicidade

Esse ataque ocorreu logo após a Rússia ameaçar atacar carregamentos de armas estrangeiras que dão apoio aos ucranianos. Foram utilizados mais de 30 mísseis para atingir instalação de treinamento.

De acordo com a AP News, o local fica a menos de 25 quilômetros da fronteira com Polônia. O país é uma rota de ajuda militar ocidental para a Ucrânia. E nessa região que os Estados Unidos aumentaram o número de tropas americanas. A instalação é usada há vários anos para treinar militares ucranianos, com instrutores dos EUA e de outros países da OTAN.

A Otan afirmou que no momento não tem nenhuma presença na Ucrânia. Um oficial da OTAN não respondeu a perguntas sobre quando a aliança teve pela última vez integrantes na base de treinamento.

Conflito Rússia x Ucrânia

No dia 24 e fevereiro, o governo russo invadiu à Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Alguns dos motivos pelo qual esta invasão aconteceu é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

Publicidade

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

“Apesar da ameaça de prisão, sequestro e coisas piores, milhares de ucranianos ainda saem para protestar contra a ocupação das forças russas. Este último vídeo é em Berdyansk na costa de Azov.”